O estilo que eu montei se chama Hi-lo; forma abreviada de high-low. Quer dizer, em português, "alto-baixo". Trata-se da composição entre peças que se contrapõem em uma mesma produção: grifes famosas e lojas de departamento (conhecidas como fast-fashion), diferentes estilos com texturas, tecidos leves com peças pesadas. É um estilo que exige certa criatividade e personalidade, por isso, adoro.
   Observem que eu ainda mantenho meu estilo (os brincos de argola são sempre minha referência desde que os comprei, aos 20anos). No caso da foto acima, eu montei o visual com uma camiseta, mas vocês podem compor com moletom, com qualquer roupa menos "elegante"; não precisa, necessariamente, ser de banda de rock.
   Para manter o visual dentro do esperado por uma advogada (risos), coloquei uma saia lápis (olook) e uma sandália de tiras (arezzo).
   Gostaram? Comentem!!! Beijos de salto, Rafa.


   Olá, meninas. Must have, do inglês, "preciso ter". O verão nem começou e surgem as tendências "must have" para a temporada do calor. Confesso que tem umas coisas ai que eu não usaria..melhor, a princípio, não usaria. Não vou sair falando que não usaria porque já falei isso antes (bota por cima da calça) e acabei usando. #ShameOnMe. Vamos conferir?

Maiô ou body: tenho certo receio quanto ao uso de maiôs. Quando eu tinha uns 14,15 anos (e queria, erroneamente, esconder meu corpo), usava a peça. Hoje, tenho a impressão de que essa peça só serve para quem é esguia, vulgo Carolina Ferraz. Se você é uma pessoa livre de preconceitos (e eu te invejo), o maiô/body será o seu melhor amigo dentro e fora da piscina. Tomem cuidado quem não está com o corpo em dia (sobretudo as gordurinhas na cintura) porque a peça evidencia.





Cintura alta: faz tempinho que a cintura alta vem predominando nas roupas. Seja nas calças (flare), shorts e, agora, aparece nos biquinis. Mood bem retrô e ainda deixa o corpo curvilíneo. Não se isso pega por aqui. As brasileiras são conhecidas por usar biquinis muito miúdos.





Polka Dot: ou a chamada estampa de póas. Claro que os póas nunca foram excluídos da moda. Você usa desde um look formal quanto à saída para balada.





Top cropped e saia midi: o cropped é o par perfeito para a saia midi. Você vai ver demasiadamente essa combinação elegante e cool para eventos no calor.




Gostaram? Comentem!!! Beijos de salto, Rafa.



   Não sei se vocês notaram, mas os anos 90 voltaram. É que diversas tendências daquelas década ressurgiram mais atuais que nunca e fazem sucesso tanto nas passarelas quanto nas ruas. Quem não lembra daquela gargantilha que imitava tatoo? Barriga de fora, jardineira, camisa xadrez amarrada no quadril, sandálias birken, tênis slip on, bolsas saco, plataformas, saltos bloco???? Estão todos dando as caras, novamente. Separamos os top hits do momento: 


Gargantilha: não, não estamos falando para você voltar a usar aquelas gargantilhas em formato de tatoo ou resgatar do baú a gargantilha da Laura cachorra, de Celebridade. #NoWay. As atuais gargantilhas são mais refinidas. São compostas com dourado, peças metalizadas ou pérolas. Bem diferentes daquelas de plástico ou veludo.


Flatforms: Credo. Confesso que acho absurdamente horrível, mas há quem curta. Não sei vocês, mas eu não consigo me equilibrar adequadamente nesse tipo de sapato. Aproveitem que a moda voltou tentem se equilibrar,rsrsrs. O aparato parece confortável e tem a façanha de (como todo salto) deixar você aparentar ter uns cms a mais. 


Camisa xadrez amarrada na cintura: o xadrez é um tecido que quase nunca siu de tendências. Dentro do universo grunge (#NirvanaFeelings) ou com os sertanejos, a peça sempre esteve em alta. Por muito tempo, uma peça atrelada no quadril não era mencionada como tendência. Atualmente, temos o peplum (aquelas ondulações nas saias ou vestidos) ou vemos cintos na altura do quadril, mas nada como amarrar camisa nele. Confesso que quando vejo postagens de blogayras famosas ou modelos, tal como a Alessandra Ambrósio, vejo que não acho harmônica tal combinação. Se você vai a um show de rock ou esquentou o clima e vc amarrou a camisa no quadril ok, mas não invente porque é "modismo" de sair de casa toda produzida e incrimentar o visual com isso. 


Jardineira: alguns - erroneamente - a chamam de macacão. Saiba que não é. Jardineira, uniforme dos mecânicos (porque tinha vários compartimentos para caber as peças por eles usadas) voltou ao auge.



Jeans da mamãe: aquele jeans gigante (lembrei de um episódo de Friends no qual a Febie está grávida e compra uma calça de papai noel).O novo Mom Jeans está repaginado e com as canelas afinadas ou se você preferir, dobre a barrinha da calça.


   E para encerrar, trouxe imagens icônicas de catálogos de moda ou revistas dos anos 90 roubartilhadas do Fashionismo. Confiram:











beijos de salto, Rafa.


   Há quem diga que o verão já chegou e é hora de colocar as pernas e braços para fora porque não há quem aguente ficar todo tampado. A melhor e mais fácil maneira de montar looks para quem é preguiçosa e quer ficar deligada é usar vestidos.
   Se você ainda tem receito de apostar na peça (Bia, estou escrevendo para ti) porque está com curvas ou quilinhos a mais, o fashionholic reuniu diversas inspirações para você deixar seu medo na China e decidir quais modelos têm mais a ver contigo.

   Acinturado
   O vestido cinquentinha, com a parte de cima justinha e saia rodada ou aberta é o modelo plus size preferido das mulheres, por ser bem fácil de usar e não marca o quadril. Já disse zilhões de vezes: não use peças maiores que ti e acinture sempre! 


dica: usar um blazer ou um casaquinho na altura do quadrinho dá a impressão de uma mulher mais magra.



   Tubinho
   Pode? O blog da Ju Romano (da foto lá em cima de azul) tem uma tag bem engraçada que se chama "gorda pode?" Lá, ela aboliu todos os tabus referentes a quem está acima do peso. Pode cropped, pode midi, pode tudo. Com relação ao tubinho, pode também. Alias, este é o modelo ideal para quem vai para festas e baladas. A dica é optar por uma peça que tenha tecidos firmes, os quais vão modelar seu corpo. Vale a pena prestar atenção no tamanho (já disse, antes). Não escolha peças apertadíssimas, tampouco largonas. Saiba escolher de acordo com o que vc veste e algo bem confortável.




   Longos
   Vestidos longos sempre repercutem dúvidas tanto nas baixinhas quanto nas gordinhas. Pode usar? Ju Romano diria que SIMMM e nem precisa, necessariamente, usar salto alto. A dica é para usar uma peça que não achate sua silhueta. Aposte em saias pouco volumosas e prefira tecidos mais leves.





   Soltinhos
   Os vestidos soltinhos são uma ótima opção para o calor. Geralmente, são modelos com tecidos fluídos e com bom caimento, por isso fique atenta para esses detalhes na hora de fazer sua compra. Para marcar a cintura, use um cinto fininho.



   Guia de Lojas online para moda plus size (segundo o Blog da Ju Romano):

  Asos Curve – http://us.asos.com 
  Best Size – http://www.bestsize.com.br
  Chic & Elegante – http://www.chiceelegante.com.br
  Chica Bolacha – www.lojachicabolacha.com.br
  Dygran Plus Size – http://dygranplussize.com.br
  Etiketa Plus Size – www.etiketaplusize.com.br
  Forma Rara Boutique - http://www.formararaboutique.com.br
  Kauê Plus Size – http://loja.kaueplussize.com.br
  La Mafê – http://loja.lamafe.com.br/
  Loja Mulherão – http://www.lojamulherao.com.br/
  Quintess – http://www.quintess.com.br/
  Rery Class – http://lojavirtual.rery.com.br/
  Rouge Marie – https://www.rougemarie.com.br/
  VK Moda Feminina – http://vkmodafeminina.com.br
  Wish Fashion - http://www.wishfashion.com.br/

Espero que tenham gostado. Comentem. Contem se já compraram em algum site desses?
Beijos de salto, Rafa.


 

   Mariana Rios foi ao evento com um vestido pegada retrô (anos 60) da marca Bo.Bô e a sandália é daquelas de salto bloco, tal qual falei para vocês em outro post sobre as tendências de sandálias para o verão. Super inspiração para quem gosta de rosa e é magrinha.


   Confesso a vocês que torro meu dinheiro em sapatos ou bolsas. Não sou de gastar muito com roupa. Acredito que roupa tem uma durabilidade muito menor que sapatos ou bolsas. Como já disse em outros posts, prefiro peças de couro porque a durabilidade é bem grande. Tenho bolsas e sapatos de quando tinha 15anos (1995).
   O post que republico hoje é do blog Chata de Galocha. Achei super interessante e conveniente republicar.
   Sou uma pessoa que gosta muito de moda (por isso o nome do blog é fashionholic - viciada em moda), entretanto, não saio comprando que a guria do filme Delírios de Consumo de Becky Bloom. Alias, super recomendo o filme. Digno de muitas risadas. Então, como eu dizia, sou uma pessoa que compra consciente. Vejo, aqui em casa, que minha mãe não faz esse trabalho mental antes de comprar as coisas. Explico: toda vez que vou comprar um sapato, bolsa ou até mesmo roupa, faço todo um trabalho mental de visualização do meu armário. Sim, isso mesmo. E,ainda, que eu não faça isso de modo consciente, não sei explicar (talvez a psicologia explique), mas eu acabo comprando alguma peça que eu já tenha com o que combinar em casa. Sim, sou dos anos 80 em que combinavam as coisas. Shame on me.


   Aí vi o post da "chata" e achei interessante. Acredito, igual a ela que devemos dar mais valor às peças que compramos e não sair consumindo desenfreadamente. Uso aquela frase do filme: "eu realmente preciso comprar isso?" A "chata" fez uma listinha que achei digna a repostagem:



Vale a pena a reflexão.
Beijos de salto, Rafa.



  Outubro é mês do Rosa, seja por conta da Campanha de prevenção e combate ao câncer de mama, pelas tendências do verão 2015 ou,ainda, pela comemoração do filme Meninas malvadas. Agora é a hora de pensar rosa.


   O fashionholic convida você a tirar tudo que tem de rosa no seu guarda-roupa e colorir seus dias com cor mais feminina da história. Olhem só os sapatinhos que a Schutz fica me mandando no e-mail? Fiz uma pequena montagem da ostentação:


   Se você amou, este post é para ti. O rosa é uma das cores mais propícias para montar um look monocromático seja tom sobre tom ou tudo na mesma tonalidade. Aposte na cor do verão.




   Gostaram? Comentem.
Beijos de salto, Rafa.


   Se você ainda tem dúvidas quanto às suas vestimentas para participar de uma entrevista de emprego, chegou a sua chance de resolver. Se você revirou o armário e não encontrou nada que aproveitasse, sempre aposte em calças sociais soltinhas e camisa branca. Não tem erro. A combinação é bem padrão. Lembrando que o que você veste pode "depor" contra ti na hora da entrevista; assim, como pode ser a favor da imagem que você quer transmitir. 
   Antes de qualquer dica, é bom verificar qual é o traje obrigatório na empresa que você pretende se candidatar. Certifique-se se é uma empresa mais descontraída ou mais "rígida".

Decotes e comprimentos

   Se você ainda tem dúvidas se pode usar um decote na empresa, volte duas casas. #YourDoingItWrong. Amiga, não se usa decotão em qualquer trabalho. Mentira, alguns trabalhos pode usar. Tirando esses trabalhos excepcionais, é importante que se você quer fazer o estilo sexy", não exagere na dose. Não recomendo ir nesse tipo de estilo quando vai se fazer entrevista de emprego. Você quer remeter a uma imagem de um corpo ou um cérebro? Vale a pena refletir sobre isso. Claro que não precisa ir de gola alta. Escolha, sempre, uma roupa que faça seu estilo e te deixe confortável, além de segura. Golas canoas e saias até o joelho estão super liberadas.

   Outro toque bacana é atentar para o tamanho da sua camisa. Em muitos casos, a camisa que escolhemos para que está servindo, quando na verdade não está. Ou você deu uma engordadinha ou ela encolheu. Observar quando for se movimentar porque podem aparecer espacinhos entre os botões, fazendo com que eles se abram e apareça o soutien.

Estampas e cores

   Este é um mito que circula por aí, igual ao chupa cabra e a Samara. Muita gente diz que é bom evitar cores fortes e estampas no dia da entrevista de emprego. Primeiro,saiba quem vai te entrevistar - se homem ou mulher. Já me aconteceu (isso é sério) da entrevistadora contar para demais funcionários que não gostou de mim porque eu ia chamar muita atenção dentro da empresa. Infelizmente, essas coisas acontecem; por isso que sempre recomendam não ir com cores chamativas. Vale se você quer arriscar. É bom evitar um look extravagante - com muita informação misturada - dependendo da empresa na qual você está pleiteando a vaga.


   Na dúvida entre regras de vestuário da empresa, invista em peças neutras. Se você gosta muito muito muito de uma blusa estampada ou colorida que não seja extremamente chamativa (chegay), invista com uma calça de tom neutro.

Transparências

   Na dúvida, a regra é clara; evite. Insista em tons neutros, mas se você quer mesmo usar uma blusa transparente, existem vários bodys que podem te deixar menos vulgar ou, ainda, aquelas regatinhas da cor da pele. Transparência na barra da saia é permitido. Lembre-se: equilíbrio é a peça chave.


Calçados

   Quando se menciona entrevista + sapatos, o povo se desespera. Já vi em várias entrevistas de consultoria de moda que não se usa qualquer sapato que mostre os dedos dos pés e realmente apoio isso. Invista em sapatilhas, scarpins, sandálias fechadas, mocassins e slippers. Evite: tênis e rasteiras.


   Existem saltos e saltos - e nenhum, evidentemente, é melhor que o outro. Admita que a primeira impressão que você quer causar nos entrevistadores é diferente da impressão que você quer causar na balada. Então, evite saltos de festa, com brilho, meia-pata ou ankle boots. Aposte em saltos quadrados, os saltos de bloco, médios ou anabelas.

Gostaram das dicas?
Beijos de salto, Rafa.


   Olá, meninas. Seu necessaire tem espaço para o bom e velho batom vermelho? Se sim, pode começar a comemorar, pois a temporada internacional de desfiles da primavera/verão 2015 decretou como ordem: o clássico de beleza está de volta. 
   Quer ficar bonita sem fazer muito esforço? Um bom batom da cor vermelha já supre suas necessidades.
   Se você é amante das versões mais abertas, como o vermelho da Missoni, ou das versões mais fechadas, tais como os vinhos da Dolce and Gabbana, não importa. Uma coisa é certeira: o vermelho não vai sair dos seus lábios.



   Até eu já me entreguei aos batons vermelhos da Mac.


   Da esquerda para direita, estou usando Rubywoo, diva, all fired up e russian red.

Beijos de salto, Rafa.


   A mais aguardada semana de moda: Paris!!! Chanel e entre outras marcas desfilaram pela passarela. Como sempre, as tendências se repetem: muitos cortes assimétricos (nas saias), couro, cropped, boho style, vibe bem confortável, muitos tons azulados e uma pegada do rock glam dos anos 80. Vamos conferir?







Gostaram das apostas?
Beijos de salto, Rafa.