Confesso a vocês que torro meu dinheiro em sapatos ou bolsas. Não sou de gastar muito com roupa. Acredito que roupa tem uma durabilidade muito menor que sapatos ou bolsas. Como já disse em outros posts, prefiro peças de couro porque a durabilidade é bem grande. Tenho bolsas e sapatos de quando tinha 15anos (1995).
   O post que republico hoje é do blog Chata de Galocha. Achei super interessante e conveniente republicar.
   Sou uma pessoa que gosta muito de moda (por isso o nome do blog é fashionholic - viciada em moda), entretanto, não saio comprando que a guria do filme Delírios de Consumo de Becky Bloom. Alias, super recomendo o filme. Digno de muitas risadas. Então, como eu dizia, sou uma pessoa que compra consciente. Vejo, aqui em casa, que minha mãe não faz esse trabalho mental antes de comprar as coisas. Explico: toda vez que vou comprar um sapato, bolsa ou até mesmo roupa, faço todo um trabalho mental de visualização do meu armário. Sim, isso mesmo. E,ainda, que eu não faça isso de modo consciente, não sei explicar (talvez a psicologia explique), mas eu acabo comprando alguma peça que eu já tenha com o que combinar em casa. Sim, sou dos anos 80 em que combinavam as coisas. Shame on me.


   Aí vi o post da "chata" e achei interessante. Acredito, igual a ela que devemos dar mais valor às peças que compramos e não sair consumindo desenfreadamente. Uso aquela frase do filme: "eu realmente preciso comprar isso?" A "chata" fez uma listinha que achei digna a repostagem:



Vale a pena a reflexão.
Beijos de salto, Rafa.


3 Comentários

  1. É incrível como constantemente compramos coisas sem necessidade ou que não vamos usar. Eu fazia muito isso, atualmente estou mais ponderada. A gente gasta muito dinheiro com bobagem ou pior acabamos nos endividando. Adorei esse post! Reforçou meus votos kkk

    http://modernosas.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Raíne. Então, eu não sei de onde eu tirei esse espírito "mentalizador" do que tenho no armário, mas acredito, igualmente, a ti que essas coisas vão surgindo com a maturidade. Ultimamente, tenho gastado muito dinheiro com comida,hahaha. Obrigada pela visita, viu?

      Excluir
    2. Rafa também tenho gastado muito mais dinheiro com comida, não tem jeito sempre vamos gastar dinheiro com algo, só temos que escolher com o que vale a pena rs. E uma coisa é gastar dinheiro outra bem diferente é fazer dividas, devemos tomar cuidado com isso.
      Estarei sempre por aqui ;)

      Excluir