Deixa eu falar um negócio para vocês: eu adoro ler uns textos no flipboard. Flipboard é um aplicativo no qual você monta sua "revista" ideal; você sai adicionando no aplicativo vários sites e links que você curte e monta sua revista diária. Eu super recomendo. Para quem tem celular ou tablet samsung, o aplicativo já vem instalado. Caso contrário, é só ir no google play e procurar. 
    No meio dessas leituras (e eu sempre compartilho as que acho pertinente), eu encontrei um texto bem bacana sobre prioridades...e como elas se organizam e mudam ao longo do tempo.
   Esse texto foi publicado num blog chamado Frango com batata doce. Confesso que, primeiramente, nem ia ler o tal texto, uma vez que tenho asco mortal à batata doce...mas resolvi dar uma chance. Segue o texto na íntegra:

   "Todos sabem que a Beta e Rodrigo são muito conhecidos e admirados por seu foco e disciplina. Sempre vejo comentários de seguidores elogiando e almejando um dia serem como o casal. Quem os conhece pessoalmente sabe que o estilo de vida saudável faz sim parte da sua rotina, porém nem sempre eles conseguem manter o mesmo ritmo de treinos e ficar tão firmes na dieta. Um exemplo disso foi na mudança para São Paulo. Nesse período, a falta de estrutura na casa nova, as tarefas relacionadas à mudança, dentre outras coisas, deixaram a rotina do casal mais atribulada e atrapalharam um pouco a dieta e os treinos. Depois de algum tempo, já com a casa montada, academia, etc., eles retomaram suas atividades e puderam voltar a ter o foco e a determinação de antes.

   Engana-se quem pensa que isso é um problema ou uma “fraqueza” do casal. Ao longo de nossa vida, muitas coisas acontecem: mudamos, viajamos, adoecemos, celebramos, enfrentamos épocas mais difíceis no trabalho ou na faculdade, etc. Natural, portanto, que nesses diferentes períodos aquilo que nos preocupa, que demanda nossa maior atenção e energia, mude. Em cada situação temos algumas necessidades que se tornam mais importantes do que outras, e é um movimento saudável do ser humano voltar sua atenção para a resolução daquilo que está mais urgente. Quando a necessidade que está “à frente” das outras é solucionada, ela já não precisa de tanta atenção e pode dar lugar a outras preocupações e interesses.

   Isso significa que, por mais que estar em forma e ser saudável sejam coisas importantes na vida de muitas pessoas, nem sempre é possível manter a mesma determinação e despender tanto tempo para alcançar essa meta, uma vez que ao longo da vida estamos sempre diante de novos desafios e situações inesperadas. É fundamental poder reconhecer qual necessidade é mais importante no momento, usar a maior parte de nossa energia para atendê-la da melhor forma possível, para então retomar os outros interesses que ficaram momentaneamente em segundo plano. Cobrar-se o mesmo foco e a mesma disciplina com a dieta e com a academia por todos os momentos da vida pode ser um caminho em direção a frustração, pois quando nos obrigamos a dividir nossa atenção entre diversas necessidades, buscando realizá-las com a mesma performance de sempre, não conseguimos nos concentrar direito em nenhuma. Porém, isso não quer dizer que devemos “chutar o balde” e não ligar para a saúde e para a aparência quando estamos preocupados com outras coisas, mas apenas reconhecer que, em determinados momento, esses dois aspectos não são tão importantes e ficarão temporariamente em segundo plano.  Rodrigo e Beta, por exemplo, nunca deixam de buscar alimentos saudáveis e fazer exercícios, embora nem sempre o façam de forma tão rigorosa e focada.

   Cabe salientar que as pessoas possuem necessidades diferentes e que a importância de estar mais magro (ou mais forte) e ser mais saudável não é a mesma na vida de cada um. É importante refletir se esse desejo de um estilo de vida mais “fit” é genuíno e saudável ou imposto pelo meio que nos cerca. Muitas pessoas se cobram desempenhos e resultados iguais aos das celebridades e atletas e não percebem que, na verdade, em suas vidas isso não é tão necessário assim. As necessidades que não são naturais e autênticas, mas impostas por uma exigência interna ou externa, tendem a ter menor motivação e energia envolvida.  O resultado é uma dificuldade da pessoa em manter aquilo que se propôs e uma eterna insatisfação e cobrança de si mesmo. 

   Por isso, diante da dificuldade em se manter em uma rotina pesada de exercícios ou em uma dieta rigorosa, questione-se se isso é realmente necessário para você e se, nesse momento da sua vida, essa é de fato sua prioridade. Caso a resposta seja não, concentre suas energias e expectativas naquilo que se apresenta como mais importante e urgente, para depois retomar o foco na rotina e na dieta, da forma como for possível e funcional para a sua vida".

   Esse texto é da Mabel Pereira, que escreveu para o blog Frango com Batata Doce. Gostaram??
Beijos de salto, Rafa.




Deixe um comentário