2016 e ainda tem gente com medo de fazer compras online. Sim, falo isso em razão do comentário de uma colega. Eu compro coisas online desde 1999(sim, quando comprei meu primeiro computador, um k6). Nunca tive problema com compras online. Tive problema com sites de compras coletiva; isso sim,mas compras online...NEVER. 
   Eu era compradora do site da c&a naquela época. Claaaaro, que tem umas regras básicas para fazer compras online. Eu não compro - de modo algum - sapatos. Só se for de uma marca que eu já tenha experimentado pessoalmente. Já comprei sapato no site da Schutz porque eu já sei qual é minha numeração. Taí, você tem de se conhecer para fazer compras online. Não pode sair atirando para todos os lados sem saber qual é seu tamanho, sua medida.
   Aqui em casa (como moramos em uma cidade com pouca opção), a maioria das coisas são compradas online. Compro muitos livros. Já comprei biquini, sapato, soutien, celulares...enfim. Não tenho medo. 
   Já comprei até no site da China (o Aliexpress) e, novamente, afirmo que vocês tem de saber suas medidas até porque lá tem uma tabela diferente de medidas. Para vocês terem uma ideia, eu sou extra gg na China.
   Aí, esses dias, ao olhar o site da "Chata de Galocha", encontrei algumas dicas de como fazer compras online; resolvi repostar. Vamos lá?

"– Como você tem ideia se a roupa vai te cair bem?
Eu conheço muito bem meu corpo: sei que tipos de corte funcionam pra mim e quais não costumam ficar bem. Na hora de comprar online não arrisco: não é hora de testar decote novo ou cor que nunca funcionou antes, é hora de apostar no que você tem certeza que cai bem. Já falei sobre tipos de corpo aqui no Chata e é com base nisso que sei se a peça tem mais ou menos chances de funcionar ao vivo, vale dar uma lida!

– Você se mede? (eu tenho medo das tabelinhas de medidas) Você se fixa no tamanho, tipo só uso M para esta marca e logo de cara já marca M no carrinho?
Eu tenho noção das minhas medidas e quando vou comprar algo de uma marca nova, que nunca usei, olho sim a tabela de medidas. Outra coisa que acho que ajuda é ver qual o tamanho que a modelo da foto usa (geralmente tem essa info na descrição da peça). Quando a peça é muito oversized acabo pedindo um tamanho menor, já que não curto muito nada muito grandão. Se estou comprando em uma marca que já conheço escolho o tamanho que costumo usar naquela marca.

– Sapato, será que cai bem? Machuca? E o numero?
Quase nunca tenho problemas com sapatos, seja comprando ao vivo ou pela internet. Compro sem medo, meu número normal. Sei que muita gente tem problemas com determinados tipos de sapato, como as sapatilhas, por exemplo, e nesse caso acho que o melhor é deixar pra comprar ao vivo mesmo.

– Você pesquisa o nome do material das roupas?
Não é sempre, mas quando gosto de um modelo mais caro olho sim a composição. Se for um tecido mais ou menos acabo desistindo da compra. Bons materiais também me conquistam: outro dia comprei uma camiseta básica por um preço mais alto do que costumo pagar nesse tipo de peça porque vi que era feita de algodão pima, ou seja, valia a pena.

Uma coisa que nem todo mundo sabe e que acho ótima é que todo produto comprado online pode ser devolvido sem justificativas e sem custo de frete de devolução em até sete dias. Ou seja: você comprou, não gostou e quer devolver? Bora lá! Já aconteceu comigo e não tive problemas. Aliás, o único problema que tive comprando online foi a demora na devolução do meu dinheiro em um caso de produto extraviado no envio, mas depois de alguns dias deu tudo certo".

Gostaram das dicas? Beijos de salto, Rafa.



Deixe um comentário